Montar a cavalo é mais sobre equilíbrio do que aderência. Seus músculos estarão ativos, sem ficarem tensos, e você não quer ser “apenas um boneco” nas costas do animal, não é mesmo?  Apertar a coxa ou a perna é cansativo e pode ser entendido como uma sugestão para avançar. Essa dinâmica, inclusive, fará com que seu corpo fique tenso, o que pode afetar a atitude do seu cavalo. Por esse motivo, a postura é algo que merece sempre sua atenção.

Como você viu acima, existem muitos detalhes a serem trabalhados para proporcionar uma melhor experiência ao montar a cavalo tanto para você como para o animal.

Por isso, neste artigo, preparamos uma série de dicas especiais para que você possa desfrutar ao máximo o momento. Acompanhe agora!

Use sinais adequados para se comunicar com o cavalo

Ao montar a cavalo, você pode usar seu peso corporal para conversar com seu animal. Ou seja, nunca puxe a boca do animal com as rédeas.

Por exemplo, quando você quiser parar, incline-se para trás na sela, abaixe os calcanhares e sente-se firmemente, enquanto puxa suavemente a rédea.

Quando você quiser fazer uma curva à direita, por exemplo, olhe nessa direção, afaste o pé direito do corpo do cavalo no rumo em que deseja girar e pressione suavemente a perna esquerda no lado esquerdo do cavalo. Você também deve direcionar levemente seu cavalo para a direita usando as rédeas.

Quando você quiser ir mais rápido, simplesmente incline-se para a frente.

Assim, mudando os sinais de peso, você consegue mudar de direção ou velocidade. É exatamente por isso que dissemos que é tão importante que você se sente de forma ereta e mantenha uma boa postura durante o passeio. Essas orientações são muito úteis para que seu cavalo não fique confuso!

Domine o básico antes de tentar uma corrida

Sabia que alguns cavalos têm galopes tão agitados que parecem a pior turbulência de avião que você já experimentou? É exatamente por isso que você deve dominar o básico ao montar a cavalo. Ou seja, aprender a andar e trotar, antes de partir para uma corrida.

Sabemos que nossos cavalos têm grandes personalidades e podem ser adoravelmente hilariantes. Mas também temos conhecimento que, às vezes, eles podem ser um pouco travessos.

Além disso, esses animais costumam perceber se você é um novo cavaleiro e aproveitam disso e tentam brincar com você.

Por exemplo, eles podem, de repente, começar a correr ou tentar fazer você cair. Por isso, é importante ter confiança e manter o equilíbrio e também o controle.

O maior conselho que poderíamos dar é dominar o galope e o trote, usando os estribos, andando sem segurar a sela e parando – tudo antes de você tentar correr.

montar a cavalo

Deixe as rédeas deslizarem naturalmente

Os cavalos mexem a cabeça quando se movem e, se um cavaleiro não acompanhar esse movimento, eles terão as rédeas puxadas pelas mãos. Esse tipo de situação deixa o cavaleiro com pouco controle da direção ou sem a capacidade de manter o cavalo com as rédeas adequadas.

Montar a cavalo é um processo constante de reequilibrar e reajustar. No entanto, mesmo em uma caminhada, a cabeça de um cavalo balança para cima e para baixo, de modo que o cavaleiro precisa mover os braços e as mãos para que as rédeas não fiquem muito longas.

A dica é deixar os braços caírem ao lado do corpo permitindo que eles balancem. Se o cavalo puxar para frente, como quando tropeça, espirra ou pisa em algo, aprenda a usar os braços para dar mais rédea ao cavalo e não deixe que elas deslizem pelos dedos.

Ao montar a cavalo, aprenda a diminuir suas rédeas à medida que avança. Além disso, à medida que você aumenta o ritmo, será necessário encurtar as rédeas, porque o cavalo realmente levanta levemente a cabeça enquanto trota ou galopa.

Evite se agarrar demais às rédeas ao montar a cavalo

Puxar com força as rédeas pode confundir e frustrar o cavalo. Fazer isso por um período maior de tempo levará o cavalo a ignorar os comandos da rédea. Isso acontece porque sua boca fica sem sensibilidade ou eles sacodem a cabeça para evitar a pressão e a dor.

Por isso, é necessário aprender a sentir a boca do cavalo, sem puxar a rédea. A dica é apertá-las com as mãos em transições para baixo, em vez de puxar cada vez mais.

Outra dica é segurar as rédeas com firmeza, mas com leveza, como se estivesse segurando com segurança um passarinho em cada mão.

Mantenha os olhos no seu cavalo, mas nem tanto assim

Os iniciantes costumam se apaixonar por seu cavalo e querem ficar de “olho” nele o tempo todo. Porém, olhar para baixo significa que você não pode ver para onde está indo, pois sua cabeça está abaixada e o pescoço está dobrado, o que enrijece sua coluna. Qualquer rigidez no seu corpo torna mais difícil para o seu cavalo carregá-lo.

Você já deve ter ouvido falar que deve procurar observar a posição das orelhas do seu cavalo para entender seu humor. Isso é apenas parcialmente verdade. Você realmente precisa olhar para onde está indo. Ao virar, olhe para o seu destino, antes de indicar a curva. Isso coloca você em melhor equilíbrio, com o queixo para cima e os olhos para a frente.

Agora que você já acompanhou as principais dicas para montar a cavalo, que tal melhorar ainda mais sua qualidade de vida e ter um espaço ideal para passear e cuidar do seu animal? Acesse o nosso site e entenda como poderemos ajudar!