Imagine andar pelas copas de árvores, que podem ser testemunhas milenares da História da Humanidade. Sabia que algumas árvores chegam a ter mais de 5 mil anos, como a Pinus longaeva, da Califórnia (EUA)? Aqui mesmo, no interior de São Paulo, por exemplo, um jequitibá-rosa, em Santa Rita do Passa Quatro, já tem mais de três mil anos. Se as árvores sempre despertaram a curiosidade e o respeito de quem ama a natureza, agora, deram origem a um esporte radical: o Arvorismo.

Perfeito para quem preza a qualidade de vida e gosta de ver o mundo por outro ângulo, o Arvorismo é um uma ótima oportunidade para reunir a família em torno de uma atividade saudável.

A mata exuberante de Analândia, por exemplo, oferece vários circuitos que atraem não só moradores, mas também muitos turistas e praticantes de outras localidades.

O melhor é que esse é um esporte radical para todas as idades e tipos físicos, perfeito para quem quer deixar o estresse bem longe nos finais de semana.

Veja como entrar para esse grupo privilegiado de amantes da natureza e descubra como começar a praticar o Arvorismo!

Como é o Arvorismo?

O primeiro passo para começar no Arvorismo é entender esse esporte de aventura. Perfeito para quem sempre teve curiosidade de ver o mundo lá de cima, a modalidade é praticada em plataformas instaladas nas copas das árvores.

Na verdade, há ainda dois outros tipos de Arvorismo, o contemplativo, onde há apenas a observação da paisagem em locais fixos; e o técnico, onde pesquisadores e cientistas fazem estudos sobre determinados ecossistemas.

No Arvorismo esportivo, no entanto, apesar de não requerer experiência e ser indicado para qualquer pessoa, o ideal é que haja algum preparo físico prévio.

De acordo com a escolha de cada praticante, o trajeto pode apresentar obstáculos que devem ser vencidos através dos princípios básicos de rapel, escalada e highline, por exemplo. Por isso, o principal  é ter equilíbrio, concentração e controle do corpo.

Como começar a praticar Arvorismo?

Desafiar os limites do corpo em uma paisagem maravilhosa, imersa na natureza exuberante ao lado de casa é uma verdadeira tentação. O praticante de Arvorismo se sente totalmente integrado ao meio ambiente, equilibrando a mente enquanto a adrenalina leva mais energia para o corpo.

O Arvorismo é oferecido por empresas especializadas, que devem ter certificação para passeio de Arvorismo pelo Inmetro. Como a ideia é superar os desafios aumentando cada vez mais o grau de dificuldade, os equipamentos de segurança são fundamentais.

Quais são os equipamentos de segurança?

As trilhas são montadas pelos operadores com cordas, polias e vagões, entre outros itens. O praticante fica preso ao equipamento durante todo o percurso, por isso é considerado um esporte radical, mas seguro.

Geralmente todos os equipamentos pessoais são fornecidos pela equipe de profissionais que acompanham todo o percurso. É tudo muito bem planejado, mas é importante conhecer e usar todos eles. Assim toda a família pode começar no esporte com o pé direito.

  • Sapatos para escalada;
  • Cadeirinha;
  • Mosquetão;
  • Capacetes;
  • Vagão;
  • Corda.

Fique atento às instruções da equipe de monitores

As melhores agências de Arvorismo dão instruções detalhadas aos participantes, que têm tempo para se familiarizar não só com os equipamentos, mas também com a altura.

Antes de começar, a dica é fazer um aquecimento, alongando o corpo para melhorar a flexibilidade de braços e pernas. Isso vai ajudar a melhorar seus movimentos ao longo do percurso e também a evitar que a musculatura fique dolorida no dia seguinte.

Conheça as características dos percursos

O Arvorismo é um esporte radical para todos, já que há percursos com diversos graus de dificuldade. Em todos eles, no entanto, a concentração é fundamental. Os mais simples, por exemplo, costumam ser  trilhas mais curtas – mas com suportes móveis para os pés que demandam bastante atenção.

Já os mais desafiadores, além das trilhas contam ainda com obstáculos, como paredes de escalada para chegar às plataformas e tirolesas e paredões de rapel para voltar ao solo.

Em Analândia, por exemplo, há trajetos de 100 a 130 metros, além de passeios de tirolesas para descer das árvores que podem ficar de 160 a 240 metros de distância da superfície. Em todos os circuitos, a paisagem é de perder o fôlego e a integração com a natureza é total.

Arvorismo faz bem ao corpo e à mente

Ao contrário do que se possa imaginar quando se pensa na longevidade das árvores e o crescente movimento pela qualidade de vida e conexão com a natureza, o Arvorismo é bastante recente.

A atividade de aventura começou na década de 90 na França e na Nova Zelândia, chegando ao Brasil quase dez anos depois e conquistando rapidamente os brasileiros.

Atualmente, pessoas de todas as regiões buscam as trilhas de Analândia, uma das regiões pioneiras na prática do esporte.

O Arvorismo ajuda na busca pela paz de espírito, reconexão com a família, integração com o meio ambiente, flexibilidade e concentração. No entanto, os benefícios da modalidade vão além da prática esportiva ou do lazer familiar.

Hoje, a atividade tem grande relevância no treinamento motivacional de equipes empresariais, por ensinar valores como a importância do trabalho em grupo e a superação de limites.

Além disso, como o Arvorismo é praticado em regiões afastadas do ar poluído das cidades, o contato direto com a natureza também colabora para purificar os pulmões.

Por outro lado, ao superar os obstáculos das trilhas o praticante está exercitando seu autocontrole e equilíbrio, ao mesmo tempo em que ganha mais autoconfiança em seu potencial.

Prática ajuda a agregar a família

Para quem tem uma casa de veraneio no interior de São Paulo, o Arvorismo pode ser o esporte do final de semana. O Loteamento Cavalinno, por exemplo, fica rodeado por uma extensa área verde com as melhores trilhas de Arvorismo de Analândia.

Como não há restrição de idade ou tipo físico e é uma atividade extremamente saudável, é ideal para agregar os membros da família em torno de um objetivo comum.

Ao mesmo tempo, é também uma forma de passar valores de união, solidariedade e respeito ao meio ambiente, deixando um legado para todas as gerações. Afinal, viver em paz é da nossa natureza.

Então que tal começar logo a praticar o Arvorismo junto com toda a família?

Aproveite e conheça também outras formas de aliviar o estresse com o trekking, hiking e caminhada!