A natureza é tão perfeita que ela mesma fornece soluções para problemas que podem ser causados pelo próprio meio ambiente. Esse é o caso dos repelentes naturais.

Em tempos de dengue, Zica, Chikungunya, Mayaro e outras doenças transmissíveis pelos mosquitos, nunca é demais se cercar de cuidados. Principalmente, quando eles ainda ajudam a deixar a casa de veraneio ainda mais bonita e até perfumada.

A grande vantagem é que muitos desses repelentes naturais já podem estar no seu jardim e você nem saber, enquanto outros podem ser agregados para tornar o espaço ainda mais aconchegante e saudável.

Conheça agora 12 plantas que são repelentes naturais e descubra como usá-las para viver ao ar livre ainda mais em paz com a natureza.

Repelentes naturais embelezam e protegem

Se há repelentes naturais já famosos, como a citronela, outros podem ser uma surpresa bastante agradável, um verdadeiro presente da natureza para melhorar nossa qualidade de vida.

Algumas dessas plantas são tão bonitas, aromáticas e funcionais que podem ser usadas não só para espantar insetos, mas para deixar a casa e até a culinária mais gostosa.

Veja como aproveitar os benefícios dessa alternativa ecológica e eficiente aos repelentes naturais.

1.Lavanda

Com suas flores na cor lilás, a lavanda é um dos repelentes naturais mais bonitos. No jardim, ela pode ser plantada diretamente no solo, gerando arbustos que fazem um volume encantador e desprendem um odor ligeiramente adocicado.

No entanto, a lavanda também pode ser plantada em pequenos vasos que, espalhados pela casa, deixam um cheirinho bom e ainda afastam os mosquitos dos cômodos.

2.Crisântemo

A maioria das pessoas que ganha aqueles vasinhos de crisântemos de lembrança nem imagina que a flor é um poderoso inseticida natural, já que é rica em piretrina.

A substância também pode ser usada como repelente diretamente no corpo. Para isso, basta esfregar as flores na pele. O melhor, entretanto, é que, além dos mosquitos, a planta ainda espanta baratas, moscas e besouros.

Além dos vasinhos de crisântemos espalhados pela casa, quando plantada no solo, a planta forma um canteiro lindo de fartas flores coloridas no jardim.

3.Citronela

É claro que a famosa citronela não pode faltar quando falamos de repelentes naturais. No solo, ela até parece um tufo de capim, mas pode ficar ainda mais bonita em vasos fartos.

Especialmente eficaz contra pernilongos e borrachudos, a citronela fica ainda mais poderosa quando combinada com duas outras plantas: a erva do gato e o gerânio.

Juntas, elas ficam mais eficientes como repelentes naturais e também mais bonitas no jardim.

Outra forma de aproveitar suas propriedades repentes é fazer um chá concentrado de citronela e passar no chão da casa ou deixar suas folhas em álcool por alguns dias e usar como spray.

4.Erva do gato

Não é só combinada com a citronela que a erva do gato é um dos melhores repelentes naturais. A planta tem um óleo natural que repele os mosquitos e que chega a ser até 10 vezes mais eficiente do que o DEET, o composto químico usado nos repelentes tradicionais.

Também conhecida por catnip, a erva curiosamente atrai os gatos. Por isso, se você tiver felinos em casa, provavelmente, a sua planta vai acabar sendo alvo das brincadeiras do bichano.

5.Manjericão

Quem só conhece a erva aromática da culinária, muitas vezes, nem imagina como ela é eficiente contra os mosquitos.

repelentes_naturais_1

Além do cheiro gostoso, os vários tipos de manjericão formam lindos arbustos no jardim, mas também podem ser cultivados em vasinhos.

No total são cinco tipos de manjericão, todos repelentes naturais:

  1. italiano;
  2. roxo;
  3.  miúdo ou francês;
  4. tailandês;
  5. comum ou alfavaca.

6.Hortelã

Outra planta mais conhecida como tempero do que como repelente natural, a hortelã é especialmente eficiente contra as formigas, mas também funciona bem contra mosquitos e insetos em geral.

No jardim ela forma pequenos arbustos aromáticos, mas também pode ficar em vasinhos espalhados pela casa ou em uma horta suspensa, por exemplo.

7.Alecrim

Mais uma erva aromática que repele os mosquitos e também os gatos. Então, se há algum lugar da casa que você queira que seu peludo não frequente, basta colocar um vasinho por perto que ele e os insetos ficarão longe.

8. Erva de São Marcos

A Erva de São Marcos não é muito conhecida, mas também está entre os melhores repelentes naturais. Também conhecida como Atanásia, Tanacet ou Catinga de Mulata, a planta é um arbusto de pequeno porte e com lindas flores amarelas.

O cheiro forte afasta insetos voadores, principalmente, mosquitos e moscas. No entanto, além de repelente natural também é considerada uma erva medicinal, bastante usada para chás.

9.Losna

O nome estranho esconde uma planta de folhagem farta e bonita, que é a matéria-prima do absinto. O odor é bem forte que repele moscas, mosquitos, lesmas e traças, ideal para quem tem casa de veraneio e quer manter esses bichinhos bem longe dos armários e das roupas da família.

10. Menta

Há uma grande variedade de mentas, algumas mais fortes do que outras. No entanto, todas liberam óleos no ar que repelem insetos, formigas e até ratos.

Contudo, é preciso ter atenção, porque como sua raiz é considerada invasora e pode não ser muito indicada para o plantio no jardim. Por isso, ela deve ser cultivada em um canteiro exclusivo para ela ou em vasos – mas sempre pertinho de outras plantas.

11.Tomilho-limão

Se o seu terreno é ensolarado, o tomilho-limão tem tudo para se tornar um lindo arbusto verde com pintinhas amarelas. O parente do tomilho é um poderoso repelente natural.

Seu cheiro gostoso de limão fica ainda mais forte quando as folhas são cortadas e maceradas. Além disso, apesar de trazer para a grande maioria das pessoas uma gostosa sensação, os mosquitos odeiam.

12.Piper aduncun

A bela folhagem de origem amazônica é uma das apostas da Embrapa como um dos melhores repelentes naturais contra o Aedes egypti. A planta vem sendo pesquisada desde 2002 por ter altos teores de dilapiol, uma substância com reconhecido poder inseticida.

Conhecida popularmente como pimenta-de-macaco, jaborandi-do-mato ou aperta-ruão, essa piperácea é nativa da Amazônia, mas também se desenvolve bem em outras regiões.

O que achou do conteúdo de hoje sobre plantas que são repelentes naturais? Ele foi útil para você? Conte para a gente nos comentários abaixo agora mesmo! Aproveite também e descubra com manter seu jardim bonito o ano todo e tornar sua casa de veraneio um local ainda mais especial para você e toda a sua família!